Penya Barcelonista de Lisboa

dissabte, de juliol 03, 2010

Villa coloca Espanha nas meias-finais


Villa coloca Espanha nas meias-finais

A Espanha sentiu muitos problemas para conseguir assegurar a vitória sobre o Paraguai (1-0). Este resultado faz com que estejam qualificados para as meias-finais, onde vão medir forças com a Alemanha.

A selecção espanhola dominou praticamente todo o jogo, mas foi sempre sentido dificuldades no remate final. Ainda assim, a história da partida poderia ter sido diferente se Oscar Cardozo não tivesse falhado uma grande penalidade.

O Paraguai entrou bem campo e foi a primeira a criar perigo, só que depois foi recuando no terreno e tentou fechar todos os caminhos para a sua baliza. No entanto, faltou velocidade e precisão de passe aos jogadores espanhóis, que não conseguiam furar a muralha adversária.

Pouco minutos antes do intervalo, lance polémico na área da Espanha, com o árbitro a anular um golo ao Paraguai por fora-de-jogo de Valdez.

Na segunda parte a toada do jogo foi igual, a Espanha atacava e o Paraguai tentava esporadicamente o contra-ataque. Mas, aos 59 minutos, o árbitro assinalou grande penalidade a favor dos paraguaios. Cardozo, que tinha sido o herói no último jogo, acabou por falhar e permitiu a defesa de Casillas.

No lance imediato, o árbitro assinalou nova grande penalidade, mas desta vez contra o Paraguai. Xabi Alonso apontou com sucesso, só que árbitro mandou repetir. Na segunda tentativa o médio espanhol falhou.

Os minutos foram passando o jogo ficou mais aberto e foi aí que surgiu o génio de Iniesta. O médio assinou uma jogada brilhante até à área do Paraguai, assistiu Pedro, que rematou ao poste, e na recarga Villa estabeleceu o resultado final.

Este resultado faz com que a Espanha esteja apurada para as meias-finais, onde irá defrontar a Alemanha.

Ficha de jogo:

Estádio Ellis Park (Joanesburgo)

Árbitro: Carlos Batres (Guatemala)

Equipas:

PARAGUAI – Villar; Alcaraz, Paulo da Silva, Claudio Morel, Darío Verón, Edgar Barreto (Enrique Vera, 64m), Cristian Riveros, Jonathan Santana, Víctor Cáceres, Óscar Cardozo e Nelson Valdez (Roque Santa Cruz, 72m).

ESPANHA – Casillas; Puyol (Marchena, 84m), Capdevila, Gerard Piqué, Sergio Ramos, Xavi, Xabi Alonso (Pedro Rodríguez, 75m), Iniesta, Sergio Busquets, Fernando Torres (Fabregas, 55m) e David Villa.

Ao intervalo: 0-0

Acção disciplinar: Cartão amarelo a Piqué, Caceres, Morel, Santana.

Marcadores: 0-1, Villa (82m)

Fim da partida: 0-1 21:18 - 03-07-2010

0 Comments:

Publica un comentari a l'entrada

Links to this post:

Crear un enllaç

<< Home